VUNESP – IAMSP/HSPE 2011 – Questão 39

39. Sobre as alterações anatômicas e fisiológicas da mulher na gravidez, assinale a correta.

(A) O útero aumenta em tamanho de 15 a 20 vezes e de 5 a 6 vezes em peso.

(B) O débito cardíaco aumenta de 30 a 60% na gravidez e o aumento é mais significativo quando se deita em decúbito lateral esquerdo.

(C) O débito cardíaco diminui de 30 a 60% na gravidez e o aumento é mais significativo quando se deita em decúbito lateral direito.

(D) A pressão sanguínea diminui no último trimestre da gravidez.

(E) O volume sanguíneo diminui ao longo da gestação.

i39

O débito cardíaco, que é definido como o produto do volume sistólico pela frequência cardíaca (DC = VS x FC), aumenta progressivamente durante a gestação. Começa a se elevar entre a 10a e a 12a semanas, atingindo de 30% a 50% em relação aos níveis pré-gravídicos até a 32a semana de gestação.

Com relação ao decúbito que ocasiona maior aumento do débito cardíaco, na referência que cito os autores consideram a posição supina em razão do aumento da compressão da veia cava inferior pelo útero gravídico. Como a veia cava se localiza no dimídio esquerdo do corpo humano, podemos concluir que tanto a posição supina como a posição de decúbito lateral esquerdo podem proporcionar aumento do débito cardíaco. Mas essa conclusão é minha, sem maiores referências.

Referência:

2005, Picon J.D.; Sá A.N. P. O. A.; Alterações Hemodinâmicas da gravidez, disponível em https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwjjgPq7pb7TAhVCG5AKHeKOAGAQFggiMAA&url=http%3A%2F%2Fsociedades.cardiol.br%2Fsbc-rs%2Frevista%2F2005%2F05%2FArtigo01.pdf&usg=AFQjCNHy2DotU0gvmnFuy3LBe1Lo4zbpPA,acesso em 24 de Abril de 2017.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: B

Alternativa que indico após analisar: B

Anúncios