VUNESP – IAMSP/PREVENIR 2011 – Questão 58

58. Livia nasceu com idade gestacional de 28 semanas e 6 dias, pesando 1 500 g. Foi preciso ressuscitá-la no parto e intubá-la aos 3 minutos de vida, com aplicação de curosurf. Ela deu entrada na unidade de terapia intensiva neonatal e permaneceu intubada por vários dias. Livia, até o 5.º dia de internação na UTI Neonatal, permaneceu instável e não tolerava bem os cuidados. Em relação aos princípios de tratamento fisioterapêutico para Lívia, assinale a conduta correta.

(A) Manusear o bebê o mínimo possível; posicioná-lo adequadamente para promover a estabilidade fisiológica, lembrando-se sempre respiração versus desenvolvimento; fornecer limites e usar a postura no ninho; o tocar deve
ser positivo e não estimulante.

(B) Manusear o bebê sem restrições; posicioná-lo adequadamente para promover a estabilidade fisiológica, lembrando-se sempre respiração versus desenvolvimento; postura sem restrição e assimétrica; o tocar deve ser positivo e não estimulante.

(C) Manusear o bebê o mínimo possível; posicioná-lo adequadamente para promover a estabilidade fisiológica,lembrando-se sempre respiração versus desenvolvimento; fornecer limites e usar a postura no ninho; o tocar deve ser positivo e estimulante.

(D) Manusear o bebê sem restrições; posicioná-lo adequadamente para promover a estabilidade fisiológica, lembrando-se sempre respiração versus desenvolvimento; fornecer limites e usar a postura no ninho; o tocar deve ser positivo e estimulante.

(E) Manusear o bebê o mínimo possível; posicioná-lo adequadamente para promover a estabilidade fisiológica, lembrando-se sempre respiração versus desenvolvimento; postura sem nenhuma restrição e assimétrica; o tocar deve ser positivo e não estimulante.

i58.jpg

Questão típica da Vunesp, com pouca mudança entre as alternativas que deixa na dúvida quem não está bem resolvido sobre o tema.

Se tirarmos o “postura sem restrição e assimétrica” e o “toque positivo e estimulante” só resta a alternativa “A”.

Sobre posicionamento na fisio pedi e neo, baixem o PDF da EBSERH sobre o tema:

http://www.ebserh.gov.br/documents/147715/0/Posicionamento+terap%C3%AAutico+no+paciente+neonatal+e+pedi%C3%A1trico++vers%C3%A3o+final.pdf/a1a6c9ec-998e-43b2-89b8-782566a100a6

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: A

Alternativa que indico após analisar: A

Anúncios

Protegido: Resumo fisioterapia neuropediátrica

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

FCC – TRT 3 2009 – Questão 48

48. A terapia com pressão positiva expiratória (PEP) pode auxiliar no tratamento de atelectasia, pois

(A) impõe resistência na inspiração por meio de orifício de diferentes calibres, levando à gradativa expansão pulmonar.

(B) provoca oscilações de pressão na cavidade oral, transmitidas para o interior das vias aéreas modificando a reologia do muco.

(C) promove o enchimento dos segmentos hipoventilados por meio da ventilação colateral e previne o colapso das vias aéreas durante a expiração.

(D) aumenta o fluxo expiratório e modifica a reologia do muco.

(E) utiliza o resistor de orifício para ajudar a encher a via aérea colateral e expandir a atelectasia, entretanto não remove a secreção.

I48

O “PEP” está errado na prova, é PEEP.

Vou deixar um trecho de um material da EBSERH, que aliás deve ser estudado inteiro por quem for prestar concursos dessa banca.

Manobra de PEEP/ZEEP Na manobra de pressão expiratória final positiva-pressão expiratória final zero (PEEPZEEP), teoricamente, ao elevarmos a PEEP, o gás é redistribuído através da ventilação colateral, alcançando alvéolos adjacentes previamente colapsados por muco. Essa redistribuição propicia a reabertura de pequenas vias aéreas descolando o muco aderido à sua parede. Posteriormente, ao diminuirmos a PEEP para 0 cmH2O, modifica-se o padrão de fluxo expiratório auxiliando o transporte das secreções das vias aéreas de menor calibre para as centrais.

25 técnicas de fisioterapia respiratória:

http://www.ebserh.gov.br/documents/147715/0/POP+25+T%C3%A9cnicas+de+Fisioterapia+Respirat%C3%B3ria+em+pacientes+Adultos+final.pdf/edd4dfe5-f484-42dc-b043-ab396f1031c2

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: C

Alternativa que indico após analisar: C