FCC – TRE 13 2007 – Questão 59

59. O Tanque de Hubbard é utilizado para imersão de

(A) perna.

(B) braço.

(C) corpo todo.

(D) mãos.

(E) pés.

hubbard

É um tanque né, hehe.

Em 1928, o físico Water Blount descreveu o uso de um grande tanque com um remoinho onde estava incluso um motor para ativar os jatos d’agua. Este tornou-se conhecido como “Tanque de Hubbard”. O tanque de Hubbard foi utilizado inicialmente para realizar exercícios na água. Este auxiliava e assistia no desenvolvimento dos programas de exercícios na piscina.

Durante a primeira metade do século XX, na Europa os tratamentos foram baseadas em duas técnicas: Bad Ragaz e Halliwick. Mais tarde foi apresentada uma técnica adaptada denominada Watsu.

TANQUE DE HUBBARD
CONCEITO
O tanque de Hubbard, que recebe o nome do engenheiro que o inventou, é um turbilhão grande dirigido para a imersão total do corpo. Estes tanques variam um pouco no tamanho, porém geralmente têm cerca de 2, 43 m de comprimento por 1,82 m de largura e 1,21 m de profundidade e comportam aproximadamente 1932.1Litros de água.
APLICAÇÃO
A temperatura da água não deve ser superior a 38 graus Celsius, devendo oscilar entre 32 e 37 graus.O tempo médio para aplicação e de 20 a 30 minutos podendo começar de 5 a 10 minutos e aumentando progressivamente até atingir o tempo habitual.
TANQUE DE HUBB ATUALMENTE(FORMATOS)
VIOLÃO
RETANGULAR
O tanque tem o formato de um violão, o que facilita o acesso do terapeuta aos diferentes segmentos corpóreos do doente visando auxilia-lo na realização dos movimentos subaquáticos. As suas dimensões são de aproximadamente 150cm de largura X 260cm de comprimento X60cm de altura

Indicações
Aumento da circulação sanguínea;
Melhora das condições da pele;
Reeducação dos músculos paralisados;
Manutenção e/ou aumento das amplitudes de movimento (ADMs);
Melhorar a força muscular (desenvolvimento de força e resistência muscular);
Aumentar a atividade funcional da marcha;
Higiene de indivíduos com limitações motoras.

A melhor indicação do Tanque de Hubbard está nas patologias que acometem múltiplos segmentos corpóreos, como osteoartrose generalizada e a artrite reumatóide, fibromialgia, ou segmento de difícil acesso ao tanque de turbilhão, como na osteotrose do quadril.

Contra Indicações
Insuficiência cardíaca, pois pode ocorrer uma vasodilatação generalizada, prejudicando assim o fluxo sanguíneo para os órgãos;
Feridas abertas infectadas, pelo risco de contaminação local quando a água não pode ser trocada após uso de cada doente;
Incisões operatórias não cicatrizadas.

EFEITOS FISIOLÓGICOS
O aumento da temperatura, tanto superficial e profunda;
Aumento do fluxo sanguíneo, devido à vasodilatação;
Resultado sedativo sobre os músculos, sendo também anticontracturante, antiespasmódico e relaxante tônus muscular;
Aumenta a elasticidade das estruturas articulares como ligamentos e tendões, facilitando a mobilidade das articulações;
Alívio da dor e espasmo.

EFERÊNCIAS
 Vasoconstricção periférica
 Analgesia
 Bradicardia
 Estimulante
 Eleva a pressão sanguínea;
 Em temperaturas muito baixas e de forma prolongada causa rigidez e diminuição da capacidade funcional.
 Aumento da temperatura corporal;
 Aumento do suprimento sanguíneo;
 Aumento do metabolismo;
 Aumento da Freqüência Cardíaca (Taquicardia);
 Diminuição da pressão arterial;
 Diminuição da sensibilidade à dor;
 Diminuição da espasticidade;
 Diminuição de edema de extremidades submersas (em geral, MI’s);
 Relaxamento muscular

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: C

Alternativa que indico após analisar: C

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s