FCC – TRE 13 2007 – Questão 29

29. Os motoneurônios alfa e gama são respectivamente eferentes das fibras

(A) intrafusais e articulações.

(B) intrafusais e fibras intramusculares.

(C) intrafusais e fibras intrafusais.

(D) intramusculares e articulações.

(E) musculares e fibras intrafusais.

conexão

Fiz um resumo de um texto complicado para responder a essa questão. Não que ache que vocês não entenderiam, só me parece fugir demais do tema da questão. Veja ae abaixo meu!

Os motoneurônios alfa originam as fibras nervosas que inervam as grandes fibras musculares esqueléticas. A estimulação de fibra nervosa única excita um número de fibras musculares que varia desde umas poucas fibras (cerca de 3) até centenas delas. O conjunto constituído pelo motoneurônio e as fibras musculares por ele inervadas é denominado unidade motora.

Juntamente com os motoneurônios alfa, que excitam a contração das fibras musculares esqueléticas, foram observados, nas pontas anteriores da medula, neurônios de menor diâmetro, chamados motoneurônios gama, cujo número corresponde aproximadamente à metade do número de motoneurônios alfa. Esses neurônios transmitem impulsos para fibras musculares especializadas muito pequenas chamadas fibras intrafusais. Essas fibras fazem parte do fuso muscular.

Cada fuso muscular é construído em volta de 3 a 12 pequenas fibras musculares intrafusais, que são afiladas em suas extremidades e estão ligadas ao glicocálice das fibras musculares esqueléticas extrafusais vizinhas. Cada fibra intrafusal é uma fibra muscular esquelética muito pequena; no entanto, e m sua região central – isto é, a área situada a meio caminho entre as extremidades – praticamente não existem filamentos de actina e miosina. Por isso, as fibras intrafusais se contraem apenas em suas extremidades, e a parte central está associada a receptores sensoriais. As extremidades são excitadas pelas fibras dos motoneurônios gama. Essas fibras são freqüentemente chamadas fibras eferentes gama, em contraposição às fibras eferentes alfa, que inervam as fibras musculares extrafusais. As fibras sensoriais presentes no fuso muscular se originam na região central, ou equatorial do fuso, e são estimuladas pelo estiramento dessa região. O receptor do fuso pode ser excitado de duas maneiras diferentes: 1. O alongamento de todo o músculo causará, obviamente, o estiramento da região média do fuso e, portanto, a excitação do receptor. 2. Mesmo que não ocorra alteração do comprimento total do músculo, a contração das extremidades das fibras intrafusais também causará o estiramento da região média das fibras intrafusais, com a conseqüente excitação do receptor.

Para enfatizar a importância do sistema eferente gama, é necessário reconhecer que 31% de todas as fibras motoras para o músculo são fibras eferentes gama, em lugar das fibras motoras de maior diâmetro, do tipo A alfa. Quando quaisquer sinais são transmitidos do córtex cerebral, ou de qualquer outro nível do encéfalo, par a os motoneurônios alfa, há, quase sempre, a estimulação simultânea dos motoneurônios gama, o efeito denominado co-ativação dos motoneurônios alfa e gama. Isto faz com que as fibras intrafusais e extrafusais se contraiam ao mesmo tempo. A contração simultânea das fibras dos fusos musculares e das grandes fibras dos músculos esqueléticos tem, provavelmente, duplo objetivo. Primeiro, o comprimento da porção receptora do fuso muscular é mantido inalterado, evitando que o fuso muscular se oponha à contração muscular. Segundo, a função amortecedora adequada do fuso muscular é mantida, independente das alterações do comprimento muscular. Se, por exemplo, o fuso muscular não se contraísse e relaxasse em conjunto com as grandes fibras musculares, a porção receptora poderia, algumas vezes, ficar mais curta do que deveria ou ficar superestirada em outras, o que, em ambas as situações comprometer ia a função desempenhada pelo fuso. É possível que o fuso muscular também funcione como mecanismo de “servocontrole” durante a contração muscular, mas, primeiro, vamos explicar o significado do “mecanismo de servocontrole”. Quando os motoneurônios alfa e gama são estimulados simultaneamente, havendo igual contração das fibras intra e extrafusais, não se verifica modificação do grau de estimulação dos fusos musculares – nem diminuição nem aumento. No entanto, no caso das fibras extrafusais se contraírem menos que as fibras intrafusais (o que pode ocorrer quando o músculo se contrai contra uma carga muito grande), esse descompasso provocaria o estiramento das regiões receptoras dos fusos musculares e, portanto, desencadearia um reflexo de estiramento, que originaria excitação extra sobre as fibras extrafusais, Esse é o mesmo mecanismo empregado no sistema de “direção hidráulica” de um automóvel. Isto é, as rodas dianteiras resistem em acompanhar o movimento do volante e, em função disso, um sistema servocontrolado é ativado, gerando força adicional para virar as rodas. A função de servocontrole exercida pelo fuso muscular poderia ter várias vantagens importantes, tais como: 1. Permitiria ao encéfalo comandar uma contração muscular contra uma carga sem dispêndio de muita energia nervosa extra – a maior parte dessa energia seria fornecida pelo reflexo do fuso. 2. Possibilitaria a contração do músculo até um comprimento bastante próximo do desejado, mesmo quando a carga fosse aumentada ou diminuída , entre as sucessivas contrações. Em outras palavras, tornaria a extensão da contração menos sensível à carga. 3. Funcionaria como fator de compensação à fadiga ou outras anormalidades do próprio músculo, pois qualquer falha do músculo em desenvolver contração adequada desencadearia, via reflexo do fuso muscular, um estímulo adicional para que ocorresse a contração. Infelizmente, não se sabe, até o momento, a verdadeira dimensão da importância dessa possível função do reflexo do fuso muscular.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: E

Alternativa que indico após analisar: E

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s