FCC – SESA/BA 2005 – Questão 31

31. No paciente com diagnóstico de Acidente Vascular Encefálico a abordagem fisioterapêutica na fase aguda tem como objetivos principais:

(A) prevenir a subluxação de ombro, prevenir úlceras de pressão e encurtamentos musculares.

(B) normalizar o tônus muscular, fortalecer os grupos musculares e estimular a motricidade voluntária.

(C) prevenir complicações respiratórias, normalizar o tônus muscular e estimular a motricidade voluntária.

(D) prevenir a subluxação de ombro, fortalecer os grupos musculares e estimular a motricidade voluntária.

(E) explorar as reações de equilíbrio, fortalecer os grupos musculares e estimular a motricidade voluntária.

cerebro

Primeira questão dessa prova, reparem que ela é de 2005, portanto não podemos pensar em recursos se houver alguma evidência após essa data que contradiga a alternativa escolhida como correta.

Trabalho meu dia inteiro com lombalgias, lombociatalgias, cervicalgias e outras condições musculoesqueléticas agudas e crônicas agudizadas. Realmente não estou por dentro das PBE atual em neurologia, mas se estamos falando da fase inicial do tratamento, da fase aguda, de “damage control”, a alternativa “A” é a mais indicada.

O estímulo de movimentos voluntários poderia se iniciar numa fase subaguda, sendo mais intensamente trabalhado num momento posterior da reabilitação.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: A

Alternativa que indico após analisar: A

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s