VUNESP – IAMSPE/SP 2009 – Questão 53

53. Algumas técnicas de reexpansão pulmonar são utilizadas pela fisioterapia para prevenir complicações respiratórias em pacientes acima de 65 anos. A técnica de reexpansão que consiste em inspirações nasais curtas e sucessivas até atingir alta porcentagem de capacidade inspiratória e da capacidade pulmonar total sem realizar apneia pós-inspiratória, executase a expiração pela boca até a capacidade residual funcional, é denominada exercícios respiratórios

(A) com expiração abreviada.

(B) com inspiração máxima sustentada.

(C) com suspiros inspiratórios.

(D) com inspiração fracionada.

(E) diafragmáticos.

nc3a3o-esquecer-de-respirar

A descrição da técnica deixa dúvida entre as alterntivas “C” e “D”. Mas é “C” que consta na literatura.
Deixo o fragmento de um artigo de 2014:

Os exercícios respiratórios são técnicas manuais frequentemente utilizadas na prática clínica. Eles podem influenciar o padrão respiratório e o movimento toracoabdominal, sendo capazes de priorizar um compartimento da parede torácica em relação ao outro e de modificar o grau de participação dos músculos respiratórios1.

Um dos exercícios respiratórios mais frequentemente estudado e utilizado na prática clínica é o exercício respiratório diafragmático. Ele objetiva melhorar a ventilação pulmonar, sobretudo nas zonas dependentes dos pulmões, por promover maior deslocamento do compartimento abdominal. Outros exercícios também fazem parte das intervenções utilizadas no cotidiano da fisioterapia respiratória. O exercício suspiros inspiratórios e o exercício inspiração máxima sustentada têm o objetivo de aumentar o volume pulmonar e melhorar a hematose, porém utilizando diferentes estratégias: inspirações sucessivas (suspiros inspiratórios) ou um esforço inspiratório máximo (inspiração máxima sustentada). Além desses, o exercício respiratório intercostal enfatiza a atividade dos músculos da caixa torácica (CT), promovendo maior deslocamento desse compartimento8 , 9. Os exercícios respiratórios suspiros inspiratórios e intercostal foram propostos por Cuello et al.

Os mecanismos envolvidos na execução desses exercícios respiratórios não foram completamente elucidados, principalmente em relação aos suspiros inspiratórios, inspiração máxima sustentada e intercostal. Visto que a literatura é escassa, os profissionais baseiam-se principalmente nos benefícios observados em sua aplicação ou nos mecanismos propostos pelos seus idealizadores. O entendimento de quais compartimentos da parede torácica são prioritariamente movimentados durante esses exercícios poderá contribuir para embasar a aplicação de um determinado exercício em condições que acometem diferentes regiões pulmonares.

http://www.mediafire.com/view/1e6e1ix1b9uhmrj/2014_exercicios_respiratorios.pdf

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: C

Alternativa que indico após analisar: C

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s