Polícia Militar/RJ 2010 – Pediátrica e neonatal – Questão 07

07. Sao complicações do tratamento com equipamento de Pavilik na Displasia Congênita de Quadril:

(A) necrose avascular da cabeca femoral, paralisia do nervo femoral e luxacao anterior.

(B) necrose avascular da cavidade acetabular, paralisia do nervo femoral e luxacao anterior.

(C) necrose avascular da cabeca femoral, paralisia do nervo ciatico e luxacao inferior.

(D) necrose avascular da cabeca femoral, paralisia do nervo femoral e luxacao inferior.

quadril dispasico

Também chamado de aparelho ou suspensório de Pavilik, é indicado para crianças com displasia mais acentuada ou luxação de quadril, com de 6 meses de idade. Sistema de correias (correia anterior flexão e correia posterior abdução – na verdade tiras posteriores são limitadoras de abdução – ate 60°) que vai impedir o movimento indesejado após o quadril reduzido( flexão 90°-110° e abdução 45°-60°). O aparelho impede a extenção e adução. Falha do método em torno de 26%. Cuidado com uso indevido (retirar por tempo prolongado) e qualidade do aparelho. Contra indicações: Desequilíbrio muscular, rigidez, hiperflacidez, idade > 6meses, família que não participa. Complicações: Abdução muito acentuada pede levar necrose avascular da cabeça e flexão exagerada luxação inferior e lesão do nervo femoral. O aparelho de Pavilik deve ser usado para manter redução num período de 6 semanas (prova redução). Após esse período o tratamento deverá ser modificado→ redução aberta 
Nas crianças com inicio do tratamento no primeiro mês de vida o resultado com uso do aparelho de Pavlik foi em torno de 85%. Se for tratado a partir dos 2 meses dde vida o resultado cai para 60%. 

A Luxação Congênita de Quadril consiste no deslocamento da cabeça femoral para fora do acetábulo, que pode estar integralmente deslocada ou subluxada, pois geralmente o acetábulo apresenta formato anatômico raso e este pode estar posicionado verticalmente, devido à ausência da pressão normal exercida pela cabeça femoral.

As complicações associadas com as correias de Pavlik são raras, sendo relatadas a irritabilidade e a dermatite de contato decorrente do uso do suspensório, a necrose avascular do núcleo epifisário proximal do fêmur. Além destas, existe o risco da flexão excessiva de quadris causar a paralisia do nervo femoral e pela possibilidade de ocorrer luxação inferior.

Na página “Material de estudo” há material sobre quadril, mas vou deixar um texto específico sobre luxação congênita de quadril:

http://www.mediafire.com/view/rwhv44qo7gbe4wi/2011_luxacao_congenita_de_quadril.pdf

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: D

Alternativa que indico após analisar: D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s