FGV – Assembleia Legislativa/MT 2013 – Questão 64

64. A massoterapia é um recurso terapêutico de fácil obtenção cuja eficácia depende da habilidade técnica do terapeuta. O efeito de mobilização dos músculos e de separação dos tecidos é conseguido por meio da manobra de

(A) amassamento.

(B) vibração.

(C) deslizamento.

(D) tapotamento.

(E) fricção.

massagem

Espero que por separação de tecidos a banca queira dizer liberação de aderências…

MANOBRAS BÁSICAS DE MASSAGEM
1. EFFLEURAGE (DESLIZAMENTO SUPERFICIAL)
Effleurage (deslizamento) é o nome da técnica aplicada sempre no início e no final da massagem. Seus movimentos lentos e suaves, essenciais para que a pessoa se acostume com o contato de suas mãos, são utilizados para espalhar o óleo em todo o corpo. Além disso, permite que as mãos deslizem delicadamente ligando um movimento ao seguinte.
O deslizamento superficial pode ser aplicado em qualquer parte do corpo e em geral não tem sentido obrigatório. A palma de uma, ou das duas mãos, desliza devagar pelo corpo, moldando-se a seus contornos. 
Para isso, elas precisam estar totalmente relaxadas. O ritmo também pode variar. Um ritmo lento acalma e relaxa, enquanto um ritmo rápido estimula determinada área.
Efeitos Terapêuticos do Effleurage:
Estabelece uma relação de confiança entre a pessoa que está sendo massageada e o terapeuta;
A pessoa sente uma sensação profunda de relaxamento;
O deslizamento superficial é excelente para acalmar e liminar a tensão e ansiedade. Além de aliviar o stress e acabar com as dores de cabeça e enxaquecas, ela melhora a pressão arterial e interrompe as noites mal dormidas. Aplicada depois de atividades esportivas, ajuda a eliminar os resíduos, como o ácido lático, que ficam depositados nos tecidos. O tempo de recuperação pode ser bem acelerado.

2. DESLIZAMENTO PROFUNDO
Visa a circulação de retorno (sanguínea e linfática). Tem sentido obrigatório. Deve ser feito no sentido da circulação venosa, sempre da periferia de um determinado segmento para o centro do corpo, ou seja, o coração (direção centrípeta).
Seus movimentos são mais rápidos e profundos, essenciais para eliminação de toxinas dos tecidos mais profundos.
O deslizamento profundo estimula o organismo. Ele melhora a circulação e ativa o fluxo da linfa para que resíduos sejam eliminados. A massagem vigorosa é eficaz em particular antes das práticas esportivas. Quando combinada com outras técnicas de massagem, pode melhorar o desempenho, aumentar a agilidade e evitar luxações.
Lembrete aos terapeutas: Nunca perca o contato com a pessoa que está sendo massageada; Faça massagem em direção ao coração e retorne com movimentos leves e suaves; Mantenha as mãos relaxadas e utilize toda a região palmar e o antebraço; Evite movimentos bruscos. A massagem é sempre rítmica e contínua; Se a pessoa for muito peluda, use uma quantidade maior de óleo aromático e um borrifador de água, nunca jogando a água direto na pele do cliente; Mantenha as unhas sempre bem aparadas; Cuidados especiais com os clientes idosos, devido à osteoporose, com as gestantes e com as crianças.

3. FRICÇÃO
Em geral, a fricção é feita com as polpas dos polegares. Entretanto, a ponta e o nó dos dedos também podem ser usados, bem como os cotovelos. Essa técnica constitui uma excelente forma de localizar a dissolver nós ou nódulos que podem desenvolver-se, sobretudo na região da escápula e dos músculos paravertebrais da coluna. O terapeuta, em geral, aprimora essa técnica nas costas.
Quando aplicada no sentido celular subcutâneo, visa destruir coágulos, dissolver nós e nódulos, elimina resíduos, dissolve depósitos de gordura, suaviza velhas cicatrizes (aderências) e alivia a dor localizada;
Quando aplicada em torno das articulações, visa ativar o líquido sinovial e reabsorver líquidos extravasados em conseqüência de um trauma;
Quando aplicada no abdômen, visa ativar a circulação fecal.
Lembrete aos terapeutas: Massageie os músculos mais profundos e não apenas a pele; Não cutuque nem espete. Pressione devagar os tecidos, aumentando aos poucos a intensidade; Use as polpas dos dedos dos polegares e não as pontas, para que as unhas, mesmo bem aparadas, não machuquem a pele.

4. AMASSAMENTO
Existem várias técnicas de amassamento como compressão, reptante, rolamento e torção. Essa técnica permite que os músculos sejam trabalhados num nível profundo e mostra-se eficaz em particular quando realizada em áreas com bastante tecido muscular como panturrilha, quadril, coxa, ombro e as gorduras localizadas do abdômen, e as celulites do glúteo.
O amassamento reptante visa dar maior nutrição às fibras musculares e proporciona maior cota de sangue arterial as mesmas.
O amassamento por compressão visa eliminar as toxinas, como o ácido lático.
Lembrete aos terapeutas: Amasse todo o músculo e não apenas a pele; Use toda a mão e não apenas os dedos e o polegar, caso contrário você irá beliscar a pele e provocar desconforto.

5. PERCUSSÃO
A percussão consiste em uma variedade de movimentos nos quais os músculos são estimulados por várias partes das mãos, como os lados, as palmas ou até mesmo os punhos cerrados. Os movimentos de percussão são realizados apenas nas áreas mais carnudas, com mais tecido muscular – nunca nas áreas predominantemente ósseas.
A manobra de percussão melhora a circulação, pois visa a contração das fibras musculares e o sangue é trazido para a superfície, induz o tônus muscular, reduz os depósitos de gordura, ajuda a soltar o muco dos pulmões. Os movimentos de percussão estimulam e são extremamente benéficos quando aplicados antes de atividades esportivas.
Quando aplicada no abdômen, com as palmas das mãos em forma de concha, recebe o nome de tapotagem e visa ativar os movimentos peristálticos. É ótimo para quem sofre de prisão de ventre.
Lembrete aos terapeutas: Não aplique essa técnica em áreas predominantemente ósseas como, por exemplo, a canela. A percussão é realizada nas áreas do corpo com maior quantidade de tecido muscular; Não aplique percussão sobre áreas sensíveis e com grande concentração de gânglios linfáticos, como a parte posterior dos joelhos, na virilha, nas axilas, no pescoço (proeminência laríngea), nas articulações e em regiões tendinosas; Certifique-se que sua cliente não esteja com a bexiga cheia, se têm mais de duas horas da sua última refeição e se ela não está grávida; Quando estiver fazendo a tapotagem no abdômen, coloque a mão em forma de concha para evitar tapas. Certifique-se que a perna está fletida e peça para o cliente respirar pela boca; Mantenha os pulsos relaxados e faça movimentos leves para evitar desconforto.

6. VIBRAÇÃO
É uma técnica praticada com uma ou duas mãos, em que um delicado movimento de agitação, ou tremor, é transmitido aos tecidos pela mão ou pelas pontas dos dedos.
A vibração é um movimento que objetiva principalmente ajudar a soltar as secreções nos pulmões. A vibração também pode ser usada como técnica estimulante sobre o tecido muscular, visto que pode estimular o reflexo do estiramento.
Quando a manobra é plena e suave, tem efeito calmante, analgésico e antiespasmódico.
Quando a manobra é enérgica e profunda, tem efeito estimulante.
Lembrete aos terapeutas: Esta manobra é essencialmente terapêutica; Por ser muito cansativa você tem liberdade para usar um massageador elétrico para substitui-la. Devemos sempre aplicá-la no momento da expiração do cliente.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: E

Alternativa que indico após analisar: E

Um pensamento sobre “FGV – Assembleia Legislativa/MT 2013 – Questão 64

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s