FGV – Assembleia Legislativa/MT 2013 – Questão 62

62. A diatermia por microondas produz calor através da conversão de energia eletromagnética de alta frequência. Sobre essa modalidade terapêutica, analise as afirmativas a seguir.

I. Os tecidos superficiais tendem a se aquecer mais que os mais profundos em consequência da absorção de energia.

II. A radiação das microondas não consegue penetrar na camada adiposa, como ocorre com as ondas curtas.

III. O aquecimento ocorre em decorrência da resposta do dipolo criado dentro da membrana celular.

Assinale:

(A) se somente a afirmativa I estiver correta.

(B) se somente a afirmativa II estiver correta.

(C) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

(D) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

(E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

calor-1024

I. Os tecidos superficiais tendem a se aquecer mais que os mais profundos em consequência da absorção de energia.
Assertiva incorreta.Na fisioterapia, os tratamentos termoterápicos costumam ser classificados em calor superficial e profundo e, em ambos, a transmissão do calor aos tecidos pode ocorrer por três diferentes formas: condução, convecção e radiação. No caso dos tratamentos por calor profundo, cujas ferramentas terapêuticas (ultra-som, microondas e ondas curtas) são capazes de aquecer os tecidos mais internos com pouca influência sobre os mais superficiais, a principal forma de transmissão de calor é a radiação (diatermia).

II. A radiação das microondas não consegue penetrar na camada adiposa, como ocorre com as ondas curtas.
Assertiva parcialmente correta. Na verdade ele penetra, mas não passa através dele com a mesma facilidade da radiação de ondas curtas. Se considerada ao pé da letra, essa afirmação está incorreta.

III. O aquecimento ocorre em decorrência da resposta do dipolo criado dentro da membrana celular.
Então, essa assertiva é incorreta, ou parcialmente correta, o que a meu ver é a mesma coisa. O aquecimento não ocorre apenas por esse fator, que mesmo que também ocorra, não é o principal fator. O principal responsável pelo aquecimento é a vibração dos íons. A rotação dos dipolos é o que ocorre com as moléculas de água(H20) que são ditas moléculas polares, e sob o efeito da radiação, giram. A esse fenômeno se dá o nome de rotação dos dipolos. Além desses dois fatores, temos a distorção molecular que, assim como a rotação dos dipolos, não é o principal fator de aquecimento tecidual na diatermia.

Microondas
O microondas é uma modalidade de aquecimento profundo que converte energia eletromagnética de alta freqüência em calor, ou seja, radiações eletromagnéticas, não sendo tão profundo quanto o ondas curtas.
As microondas inicialmente radiadas podem ser absorvidas, transmitidas, refletidas ou refratadas. Sua penetração é inversamente proporcional ao seu comprimento de ondas.
O microondas é mais bem usado para tratar áreas com baixo conteúdo de gordura subcutânea. Pode ser utilizado de modo contínuo em que a onda é contínua ou em modo pulsado onde há momentos on e off, devendo apresentar uma freqüência de repetições de pulsos. O modo pulsado é utilizado para ter efeito mecânico e não térmico, devendo ter um balanço na freqüência de repetição de pulso e duração do mesmo.

A dose utilizada deve ser testada antes da aplicação, tendo que o paciente apresentar sensibilidade normal à dor e temperatura cutânea.

A utilização do microondas deve ter a distância de 5 a 15 cm variando entre indivíduos e deve ser o mais perpendicular possível com duração de aproximadamente 20 minutos.

Precauções das diatermias
A pele exposta ao tratamento deve sempre ser coberta por no mínimo três centímetros de toalha;
Examinar sensibilidade térmica e dolorosa do paciente;
Excluir contra-indicações;
Remover objetos metálicos;
Assegurar que a pele esteja seca;
Pedir ao paciente que relate qualquer sensação percebida durante o tratamento.

Indicações
Condições inflamatórias subagudas e crônicas de camadas de tecidos profundos;
Aumentar fluxo e metabolismo;
Diminuir rigidez muscular;
Promover relaxamento muscular;
Aumento da recuperação de lesões.

Contra-indicações
Lesões traumáticas agudas;
Áreas com isquemia;
Doença vascular periférica;
Roupas úmidas;
Tendência a hemorragia, inclusive menstruação;
Câncer;
Infecções;
Gravidez;
Áreas de sensibilidade especial: placas epifisárias em desenvolvimento, região genital, abdômen com dispositivo intra-uterino (DIU) implantado, olhos e rosto.

Segurança do terapeuta
As contra-indicações acima devem ser usadas também para o terapeuta, por isso deve ser sugerido manter uma distância do aparelho, mas com alcance visual do paciente.

Observações
Uso das diatermias não podem ser simultâneos ou próximos de outro equipamento elétrico ligado.
Nenhum metal deve estar dentro de 1,2 metros da aplicação da diatermia.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: E

Alternativa que indico após analisar: Nenhuma

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s