VUNESP – Câmara de São Paulo/SP 2007 – Questão 24

24. M.H.B, 72 anos de idade, hospitalizado, 5.º dia após AVC, deambula, usando passo para marcha como forma de manter o equilíbrio. Não move voluntariamente o braço direito que está aduzido no ombro, com flexão do cotovelo, punho e dedos. Apresenta fala difícil, áspera, lenta e com alguns sons produzidos de forma incorreta. Sua capacidade de produzir e compreender a linguagem oral e escrita está absolutamente normal. Diante do exposto, é correto afirmar que a lesão ocorreu

(A) no córtex motor primário, na substância branca ou na cápsula interna.

(B) no hipotálamo e ponte.

(C) no tálamo, no tronco encefálico e no bulbo.

(D) no hipocampo e no lobo parietal.

(E) na área de Wernicke.

memoria

Duas alternativas podemos eliminar de imediato: a “C” – por listar o tronco encefálico separadamente de um integrante(bulbo), e a “E” – por oferecer a área de Wernicke, estando bem claro no enunciado que não há alteração na compreensão da linguagem.

A “D” também podemos eliminar, pois é relacionada à memória. Sobre a “B”, o hipotálamo não controla função motora, sendo mais ligado à secreção hormonal e controle de funções corporais. Por eliminação, alternativa “A”.

O córtex motor primário funciona em associação com o córtex pré-motor, a área motora suplementar, o córtex parietal posterior e várias outras regiões subcorticais, para planejar e executar movimentos. O córtex motor primário é definido citoarquitetonicamente como a região do córtex que contém neurônios grandes, como as células Betz. Estas, junto com outros neurônios corticais, envia axônios à medula espinhal para fazer sinapses com interneurônios ou diretamente com os neurônios motores alfa, que se conecta com os músculos. O córtex motor primário contém um mapa do corpo, como o córtex somatossensorial primário.

A substância branca é o tecido através do qual mensagens passam entre diferentes áreas da substância cinzenta dentro do sistema nervoso. A substância branca é branca por causa da substância gordurosa (mielina) que envolve as fibras nervosas (axônios).

O hipotálamo liga o sistema nervoso ao sistema endócrino sintetizando a secreção de neuro hormônios (também chamado de “liberador de hormônios”) sendo necessário no controle da secreção de hormônios da glândula pituitária — entre eles, liberação do hormônio gonadotropina 1 (GnRH). O hipotálamo também controla a temperatura corporal, a fome, sede, e os ciclos circadianos.

A ponte forma a metade superior do pavimento do quarto ventrículo. Possui diversos núcleos de importantes nervos cranianos, como o trigêmeo, motor ocular externo, facial e auditivo. Serve como condutor para importantes vias ascendentes e descendentes (cortico-nuclear, cortico protuberancial, cortico-espinhal, etc.).

Sobre o Tálamo, sua principal função é servir de estação de reorganização dos estímulos vindos da periferia e do tronco cerebral e também de alguns vindos de centros superiores. Lá fazem sinapse os axônios dos neurônios situados nesses locais, e daí partem novos axónios que vão efetuar ligações com outros centros superiores, principalmente o córtex. Quase todos os sinais ascendentes que vão para o córtex fazem sinapse nos núcleos do tálamo onde são reorganizados e/ou controlados, com exceção do sentido do olfato.

O Hipocampo parece ser muito importante para converter a memória a curto prazo em memória a longo prazo. Atua em interação com a amígdala e está mais envolvido no registro e decifração dos padrões perceptuais do que nas reações emocionais. Lesões no hipocampo impedem a pessoa de construir novas memórias e a pessoa tem a sensação de viver num lugar estranho onde tudo o que experimenta simplesmente se desvanece, mesmo que as memórias mais antigas anteriores à lesão permaneçam intactas.

A principal função do lobo parietal é a interpretação da posição do corpo de acordo com os outros objetos nas suas imediações. As funções é diferente para o lobo parietal direito e no lobo parietal esquerdo. A função do lobo parietal direito inclui a interpretação de informações espaciais e regulação da personalidade. A função do lobo parietal esquerdo inclui a capacidade de entender os números, a manipulação de diferentes objetos e realizar tarefas de escrita.

Área de Wernicke é uma região do cérebro humano responsável pelo conhecimento, interpretação e associação das informações, mais especificamente a compreensão da linguagem. Graves danos na área de Wernicke podem fazer com que uma pessoa que escuta perfeitamente e reconhece bem as palavras, seja incapaz de agrupar estas palavras para formar um pensamento coerente, caracterizando doença conhecida como Afasia de Wernicke.
A área recebe o nome em homenagem a Karl Wernicke, um neurologista e psiquiatra alemão. Karl Wernicke (15 de Maio de 1848 – 15 de Junho de 1905) era médico, anatomista, psiquiatra e neuropatologista.
Pouco tempo após Paul Broca ter publicado seus achados em défictis de linguagem causados por danos ao que hoje é conhecido comoárea de Broca no cérebro, Wernicke passou a pesquisar os efeitos do traumatismo craniano na linguagem. Wernicke concluiu que nem todos os défictis de linguagem eram resultado de danos à área de Broca. Notou que lesões na região posterior esquerda do giro temporal superior resultavam em déficits na compreensão da linguagem. Esta região é hoje chamada de área de Wernicke e a síndrome associada é denominada afasia de Wernicke.
Afasia de Wernicke é uma alteração na linguagem oral e escrita, tornando a comunicação sem muita precisão, que é ocasionada por uma lesão neurológica. Por ser causado por um transtorno primário (inflamação no conduto auditivo interno), lesão neurológica em decorrências de TCE (traumatismo crânio encefálico) e/ou problema vasculares comoAVC (acidente vascular cerebral) e AVE (acidente vascular encefálico).
Nesta afasia ocorre uma lesão na 1ª circunvolução temporal esquerda, mas a linguagem oral e escrita não são prejudicadas. Sua maior dificuldade está na compreensão.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: A

Alternativa que indico após analisar: A

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s