VUNESP – Sorocaba/SP 2006 – Questão 42

42. É considerada contra-indicação absoluta à massagem a presença de

(A) distrofia simpática.

(B) placas arteroscleróticas.

(C) aderências na pele.

(D) estiramento muscular.

(E) lombalgia mecânica.

Faz-uma-massagem

Apesar da lombalgia mecânica(!?) poder ser melhor tratada com outras condutas na maiorias dos casos, apenas as placas arteroscleróticas são contrainsicação entre o que foi listado acima.

Convenciona-se que o estímulo da circulação promovido pela massoterapia possa ocasionar o desprendimento de embolos que, soltos na circulação sanguinea, podem ocasionar uma oclusão arterial ou venosa.

É uma precaução a se tomar, mas é triste que o indivíduo se empanturre de gordura e carne a vida toda, aí um terapeuta desavisado é que paga o pato.

Por isso, é sempre bom fazer uma avaliação cuidadosa e, em caso de pacientes cardiopatas ou em tratamentos de doenças vasculares, solicitar sempre a liberação do médico responsável para a realização de cinesioterapia. Se a cinesioterapia é liberada, a massoterapia não trará maiores problemas.

Contra-indicações da Massagem
Podemos dividir as contra-indicações em duas partes:
Contraindicações indiscutíveis, que não sofrem qualquer tipo de contestação , ou seja é absolutamente proibido fazer massagem como por exemplo:
Reumatismos inflamatórios em fase de desenvolvimento ou em fase aguda:
Os efeitos vasomotores provocados pela massagem, são inoporturnos nestes casos, pelo risco de aumentar e disseminar a inflamação. Não confundir com inflamações locais , como no caso das tendinites, sequelas das entorses,etc em que a massagem se mostra eficaz.

O aparecimento de “Dores Notunas” são sinal que nos aconselha a parar com a massagem.
Doenças infecciosas em estado evolutivo
Porque corre o risco de espalhar e agravar a infecção, por um lado, porque devido ao aumento da temperatura local vai provocar uma vasodilatação que terá como consequência um maior aporte de sangue à zona, por outro lado, porque vai aumentar o fluxo sanguíneo e com isso incrementar a possibilidade de espalhamento.
Fragilidade vascular
Flebite
Litíase
Tromboses e embolias
Hemorragias – Sob pena de agravar bastante o quadro hemorrágico
Inflamações agudas

Degeneração muscular:
Porque a fragilidade muscular não suporta positivamente os efeitos da massagem , além que iria certamente aumentar os níveis de degeneração

Infecções cutâneas:
situações como cancro,dermatoses,micoses,etc pelas razoes de agravamento do quadro patológico

Estados febris: 
é um “alarme” do corpo, sobre forma de aquecimento que denuncia uma doença, com a massagem este vai aumentar
Infecções purulentas
Tumores malignos
Leucemia e outras doenças graves do sangue
Tuberculose pulmonar aguda,abdominal,óssea e articular
Doenças cardíacas (insuficiência grave, estenose mitral, aneurisma, enfarte recente)

Contraindicações relativas (pode-se massagear , exceto em determinadas áreas do corpo ou em certas alturas, ou então fazer mas observando certos cuidados):

No plano dermatologico:
psoriase,eczema, pruridos. a fragilidade cutânea dos idosos e das crianças devem impor certas precauções

No plano topográfico:
Triangulo de Scarpa, cavidade poplitea, axila, prega do cotovelo,face anterior do pescoço, por exemplo, são zonas onde a massagem não sendo proibida, devem  no entanto ser levadas em conta as precauções necessárias relativamente aos elementos vasculo-nervosos situados na zona e nas proximidade

No plano de certas doenças:
por exemplo no caso dos espasmofilicos e dos polienteropáticos, é preciso ter em conta, a frequência das crises. é mais indicado dirigir o trabalho para um relaxamento, visto que nestes casos terá um valor de
tratamento de fundo

No plano psicopatológico:
Existe o perigo de uma incompatibilidade entre o paciente e o massagista. Então, nesse caso o resultado do tratamento será sempre desvirtuado

Período menstrual:
Não se deve massagear a região abdominal nem a região lombar, ancas, coxas, e pernas , sobretudo durante os dois ou três primeiros dias, sob pena da aumentar a hemorragia e alargar o período em mais um ou dois dias

Durante a gravidez:
Não massagear região abdominal, lombar, ancas, coxas e pernas

Após refeições:
Porque as zonas massageadas se beneficiam de um maior aporte sanguíneo, o que vai prejudicar e dificultar a digestão, podendo criar problemas.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: B

Alternativa que indico após analisar: B

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s