AOCP – EBSERH – UFGD/MS Respiratória 2014 – Questões 26-27

Com base no caso clínico a seguir responda as questões 26 e 27.

“Criança com nove meses, internada apresentando taquidispneia e hipertermia com diagnóstico de broncopneumonia, evoluindo para derrame pleural à direita apresentando tosse produtiva. Na avaliação fisioterapêutica, observou-se a seguinte história familiar: mãe tabagista na gestação; mãe relata que a criança já apresentou duas infecções pulmonares prévias; tosse: úmida e produtiva; ausculta pulmonar: Murmúrio vesicular presente, assimétrico (diminuído à direita) com roncos discretos e sibilos expiratórios abundantes em todos os campos pulmonares.”

ausculta pulmonar

26. Assinale a alternativa correta sobre o recurso da fisioterapia respiratória que é contraindicado para esta criança.
(A) Tapotagem.

(B) Vibração expiratória.

(C) Estimulação costal.

(D) Estimulação diafragmática.

(E) Fluxo dirigido / direcionamento de fluxo.

No caso clínico, o paciente apresenta taquidispnéia e sibilos expiratórios. Esses fatores, somados ao conjunto do quadro apresentado, sugerem a ocorrência de broncoespasmo. Que é uma contraindicação para a tapotagem.

A tapotagem é contraindicada ou deverá ser aplicada com cautela quando o paciente apresentar ruídos sibilantes exacerbados, o que indica um estado de espasmo bronquial, sobretudo se acompanhado de dispneia, crise asmática, edema agudo do pulmão, fratura de costelas, cardiopatias graves, presença de hemoptise, metástase do pulmão ou de mediastino, em certos casos de pós-cirurgia e em menos de uma hora após as refeições.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: A

Alternativa que indico após analisar: A

27. Em relação à percussão pulmonar realizada na avaliação fisioterapêutica, assinale a alternativa correta contendo o provável resultado encontrado.

(A) Timpanismo à direita e som claro pulmonar à esquerda.

(B) Som claro pulmonar à direita e timpanismo à esquerda.

(C) Macicez à esquerda e som claro pulmonar à direita.

(D) Timpanismo à direita e macicez à esquerda.

(E) Macicez à direita e som claro pulmonar à esquerda.

No caso clínico, consta a informação de derrame pleural à direita. Ora, se o pulmão contém líquido ocasionado pelo derrame pleural, obviamente o som estará maciço neste segmento. No lado esquerdo, apesar das alterações da ausculta pulmonar, o som é claro. O maior erro aqui é confundir som claro com normalidade da ausculta, são fatores diferentes.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: E

Alternativa que indico após analisar: E

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s