FUNRIO – SESDEC/RJ 2008 – Questão 48

48. A marcha do hemiparético deve ser avaliada pelo Perfil de Deambulação Funcional (FAP), em que será considerado o:

A) funcionamento neuromuscular.

B) funcionamento cardiovascular.

C) tempo e distância da caminhada.

D) padrão das fases de oscilação e de apoio.

E) funcionamento neuromuscular, funcionamento cardiovascular, e os aspectos temporais da marcha.

neuronio geral

A marcha é um mecanismo da locomoção, que por sua vez vem do latim locus: lugar, e movere: mover.

As principais técnicas qualitativas para análise da marcha devido à confiabilidade e/ou validade são: FAP Functional Ambulation Profile (perfil de deambulação funcional), GARS Gait Abnormality Rating Scale (escala estimativa de anormalidades da marcha), escala de equilíbrio de Berg, Índice dinâmico da marcha, entre outros. E das quantitativas são: variáveis de tempo e distância (teste de marcha de 3 e 6 minutos), cadência e velocidade (passarela eletricamente condutora), analisador de passadas, EMG, análise de movimentos 3D (dimensões).

A FAP é uma forma qualitativa de se avaliar. Não consegui obter mais informações a respeito, mas a “E” realmente é a única que engloba todos os fatores relevantes numa análise qualitativa.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: E

Alternativa que indico após analisar: E

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s