FUNRIO – Maricá/RJ 2007 – Questão 29

29. Na atuação ergonômica o fisioterapeuta dispõe de diferentes recursos para preservar a saúde do trabalhador. O principal indicador da carga de trabalho final é geralmente a freqüência:

A) cardíaca

B) respiratória

C) dos movimentos ocupacionais

D) das queixas dolorosas

E) dos afastamentos do trabalho por causa das DORTs

salario

Aqui uma questão complicada. Não sei qual a  bibliografia utilizada pela banca para justificar isso, mas aponta-se a frequência cardíaca como indicador de carga de trabalho final.

A carga de trabalho pode ser definida como relação funcional entre as exigências do trabalho e a capacidade biológica e psicológica do trabalhador.

Tendemos a sempre pensar nos movimentos repetitivos, por ser muito comum em clínicas de fisioterapia a ocorrência de problemas relacionados a isso. Mas aqui devemos ter em mente o conceito de carga de trabalho, onde entram na equação também questões de ordem psicológica.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: A

Alternativa que indico após analisar: A

Um pensamento sobre “FUNRIO – Maricá/RJ 2007 – Questão 29

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s