FCC -TRT 15ª Região 2005 – Questão 44

44. A elevação da temperatura dos tecidos corporais submetidos às sessões de termoterapia NÃO deve exceder a

(A) 40o

(B) 45o

(C) 50o

(D) 55o

(E) 60o

Sol

A termoterapia promove o chamado aquecimento passivo. Os tipos de aquecimento de tecidos corporais podem ser:

Aquecimento ativo: consiste em movimentos de baixa intensidade e que são eficazes na elevação da temperatura corporal, promovendo aquecimento dos tecidos e produzindo uma variedade de benefícios nas funções fisiológicas.

Aquecimento passivo: inclui fontes de calor externas como duchas quentes, fricção, massagem ou até mesmo diatermia.

Aquecimento geral: ativo possibilita um funcionamento mais dinâmico do organismo como um todo, cuja realização mobiliza grandes grupos musculares, como ocorre em um trote leve.

Aquecimento específico: consiste em exercícios específicos para uma modalidade, visando grupos musculares mais selecionados, provocando redistribuição do sangue que se encontra em grande porcentagem retido no trato gastrointestinal, de modo a favorecer maior irrigação da musculatura a ser recrutada, suprindo-a com mais oxigênio e possibilitando alcançar uma temperatura ideal.

Convencionalmente, a faixa de temperatura utilizada na termoterapia é de 39ºC a 45ºC. Portanto, como a questão busca o valor que não deve ser ultrapassado, devemos optar pela alternativa “B”, 45ºC.

Em temperaturas de cerca de 45°C muitas proteínas são danificadas e ocorre destruição de células e tecidos. Nessa temperatura, ocorrem queimaduras na pele caso o contato seja mantido por tempo suficiente. Observa-se que proteínas de estresse (HSP: hecit-shock proteins) se acumulam em células e tecidos expostos a altas temperaturas e a função dessas proteínas, embora ainda não haja um consenso claro, é conferir um grau de proteção para as células na exposição subseqüente ao calor. A temperatura tem uma influência penetrante na função celular e em múltiplos locais pode ocorrer dano devido ao calor. As membranas celulares são particularmente sensíveis; a estrutura lipoprotéica das membranas pode tornar-se mais fluida com o aumento da temperatura e causar colapso na permeabilidade (Bowler, 1987).

É um pouco fora do contexto da questão, mas vou aproveitar o gancho mencionar aqui sobre a temperatura central, que possui valores diferentes da temperatura tecidual.

O ser humano é um ser homeotérmico, isto é, possui a capacidade de manter a temperatura corporal dentro de um certo intervalo pré-determinado, apesar das variações térmicas do meio ambiente  (homeostasia térmica).Temperatura de equilíbrio: 37ºC. Limites normais: 36.1º – 37.2ºC . Estes valores são referentes a temperatura central.

Quando a temperatura central está acima de 41ºC, ocorre a insolação, que é uma emergência médica. Neste estado, o organismo responde à perda de líquido da circulação geralmente reduzindo o fluxo sanguíneo para a pele e glândulas sudoríparas, de forma que a pele fica seca e quente (insolação clássica, geralmente causada pela alta temperatura ambiental), ou mantendo a sudorese (insolação por exercício, em que o aumento do metabolismo é o agente hipertérmico). Confusão, tontura e perda da consciência são sintomas decorrentes do comprometimento do sistema nervoso central. Outros sintomas incluem rabdomiólise (lesão das células musculares esqueléticas), e lesões hepáticas e renais, todas aparentemente decorrentes diretamente da alta temperatura central do corpo.

As temperaturas da pele diferem bastante na superfície do corpo, especialmente em condições de calor ou de frio. Quando um indivíduo se acha em um ambiente confortável de, digamos, 24°C, a pele dos dedos dos pés pode estar com 27°C, os braços e pernas com 31°C, a testa com 34°C, enquanto a temperatura central é mantida em 37°C.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: B

Alternativa que indico após analisar: B

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s