FCC – TRT 3 2009 – Questão 56

56. Em um paciente com diagnóstico de pneumotórax extenso à direita observa-se expansibilidade torácica

(A) assimétrica, percussão timpânica à esquerda e som respiratório diminuído à direita.

(B) assimétrica, percussão timpânica à direita e som respiratório abolido à direita.

(C) simétrica, percussão maciça à esquerda e som respiratório diminuído à esquerda.

(D) assimétrica, percussão maciça à direita e som respiratório abolido à direita.

(E) simétrica, percussão timpânica à esquerda e som respiratório abolido à esquerda.

pneumonia.jpg

Se há pneumotórax a expansibilidade torácica não pode ser simétrica, eliminamos as alternativas “C” e “E”.

Na ausculta não se observará som respiratório, e no exame físico a percussão será hiperressonante, ou hipersonora, e não timpânica. Parece ser questão de terminologia, mas percussão timpânica segundo li no site abaixo é para órgãos abdominais.

Referência:
http://simbrazil.mediviewprojects.org/index.php/percussao-do-torax

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: B

Alternativa que indico após analisar: B

FCC – TRT 3 2009 – Questão 55

55. Em relação à pneumonia, considere:

I. O termo pneumonia abrange entidades distintas em sua fisiopatologia, apresentação e gravidade, e seus germes causadores são de fácil identificação.

II. Pneumonia trata-se de inflamação das vias aéreas proximais, dos alvéolos e do interstício pulmonar.

III. A pneumonia aspirativa ocorre pela aspiração grosseira de conteúdo contaminado da orofaringe, secundária à falha importante de fechamento da glote.

IV. A pneumonia nosocomial se instala em 48 a 72 horas após a internação e é similar às adquiridas na comunidade em relação aos patógenos.

Está correto o que se afirma em

(A) I, II, III e IV.

(B) II e IV, apenas.

(C) II e III, apenas.

(D) II, III e IV, apenas.

(E) III, apenas.

i55a

Vamos analisar galera:

“I. O termo pneumonia abrange entidades distintas em sua fisiopatologia, apresentação e gravidade, e seus germes causadores são de fácil identificação.”

Claaaro que é, pode ser vírus, bactéria, fungo ou pneumonia química. Molezinha de saber o agente patológico. Essa está bem errada. A grande dificuldade da pneumonia é determinar o agente causador. Quando se faz o diagnóstico, que é clínico, na maior parte das vezes não importa fazer a diferenciação. Ela só interessa quando o paciente não responde ao tratamento com antibiótico de amplo espectro.

“II. Pneumonia trata-se de inflamação das vias aéreas proximais, dos alvéolos e do interstício pulmonar.”

Errado. É inflamação sobretudo alveolar, em vias distais.

“III. A pneumonia aspirativa ocorre pela aspiração grosseira de conteúdo contaminado da orofaringe, secundária à falha importante de fechamento da glote”.

Correto.

“IV. A pneumonia nosocomial se instala em 48 a 72 horas após a internação e é similar às adquiridas na comunidade em relação aos patógenos”.

Errado. A pneumonia nosocomial ou hospitalar pode ter uma infecção de patógenos do ambiente hospitalar que diferem muito de outros patógenos.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: E

Alternativa que indico após analisar: E

USP oferece 13 vagas para residência em fisioterapia

Estará aberto o processo seletivo para preenchimento das vagas dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu de Residência em Área Profissional da Saúde da USP, nas modalidades uni e multiprofissional, para o período letivo 2017-2019.

Poderão participar do processo os candidatos que concluíram ou venham a concluir, até o dia 1º de março do próximo ano (2017).

Meu comentário sobre a banca: Fuvest, organiza o principal vestibular do País. Quase nenhuma chance de haver fraude, e esse é o maior elogio possível para uma banca que organiza certames. Já fiz vestibular da VUNESP, atualmente o nível de profissionalismo é o melhor, apenas comparável com a Fundação Carlos Chagas.

Órgão: Universidade de São Paulo

Tipo de vínculo: Pós-graduação Latu Sensu 2017 a 2019

Remuneração inicial: R$ 3.330,43 (Bolsa de estudo)

Vagas: 13

Locais de prova: Bauru, Ribeirão Preto e São Paulo

Data prevista para a prova: 11 de setembro de 2016 primeira fase.   25 de setembro de 2016  segunda fase e de 26 a 28 de setembro análise curricular(presencial).

Conteúdo da Prova: Ver anexos do edital no link abaixo

Valor inscrição: R$ 250,00

Prazo da inscrição:  15 a 29 de agosto de 2016

Download de edital e inscrição:  http://www.fuvest.br/outros/ee2017/ee2017.pdf

Concurso abre 11 vagas no Paraná

A secretaria de saúde do Paraná (SESA-PR) abriu um concurso que é o tipo de certame que vale a pena investir tempo e dinheiro. A banca é a IBFC.

Meu comentário sobre a banca: Com sede em Taboão da Serra/SP(??), a IBFC não está entre as minhas favoritas. Numa rápida busca pelos termos “IBFC” e “Fraude”, é possível se encontrar links sobre um concurso que foi suspenso e alguns outros questionamentos de concurseiros. O ponto forte desse certame é o elevado número de vagas, o que aumenta a chance de aprovação apesar dos pesares.

Órgão: Secretaria de saúde do Paraná

Tipo de vínculo: Estatutário, Estadual, cargo efetivo.

Remuneração inicial: 4.766,65 (Salário + benefícios)

Vagas: 11, sendo CURITIBA(4); FRANCISCO BELTRÃO(2); LAPA(3); LONDRINA(1) e PIRAQUARA(1)

Local da prova: Cascavel, Curitiba, Londrina e Maringá.

Data prevista para a prova: 25 de setembro de 2016.

Conteúdo da Prova: Língua Portuguesa – 10 questões-  Conhecimentos Gerais – 10 questões – Conhecimentos Específicos – 20 questões

Valor inscrição: R$ 120,00

Prazo da inscrição: De 4 de agosto de 2016 a 1º de setembro de 2016.

Download de edital e inscrição:   http://www.ibfc.org.br/concurso/concurso_selecionado/287

Cursos on-line sobre fisio esportiva

Em ritmo de jogos olímpicos, há um site disponibilizando vários seminários bem bacanas sobre fisioterapia esportiva. Em espanhol a maioria, só se inscrever e assistir.

I Congreso Internacional Online de Fisioterapia del deporte y Olimpiadas

FCC – TRT 3 2009 – Questão 54

54. São objetivos do tratamento fisioterapêutico para o paciente traqueostomizado dependente do ventilador mecânico:

(A) fortalecer a musculatura respiratória, promover desmame lento do ventilador e a higiene brônquica.

(B) treinar a musculatura expiratória para independência na higiene brônquica.

(C) promover desmame rápido do ventilador por meio das manobras de higiene brônquica.

(D) melhorar a expansibilidade do tórax e a eficiência da tosse por meio do treinamento muscular expiratório.

(E) promover desmame lento do ventilador, fortalecer a musculatura expiratória e a higiene brônquica.

I54

Fortalecer a musculatura expiratória e esquecer da inspiratória faz da alternativa “E” incorreta. “B” e “D” esquecem o desmame e a “C” é meio apressadinha para o desmame, o que é um risco.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: A

Alternativa que indico após analisar: A